sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Soneto ao rio da minha terra - Claudianor D. Bento




Soneto ao rio da minha terra
 Ao Rio Jacu Santo Antônio-RN

Lágrimas descem, pelo rosto, ao frio
Sucedendo ao pranto que por si se encerra
Saudade eterna da longínqua terra
Que só em sonhos e em desejos espio.

Pedra da onça que sustenta, em curva, o rio
Na lembrança o vejo serpenteando o agreste
Caudaloso rio que sob a invernada desce
Ao jacu que canta alimentando o seu ninho.

Poderia eu, saudoso rio, pelas tuas águas entrar
Pois no mesmo instante onde encontras o mar
Deixas a porta aberta onde tudo escondes!

Mas se o destino me quis assim reservar
Para que algum dia eu possa enfim voltar
Debruçarei por fim nas tuas eternas fontes!

Claudianor D. Bento – novembro de 2012


Municípios receberam parcela única do FEX nesta sexta-feira, 17

Nesta sexta-feira, 17 de janeiro, foi creditado o repasse do Fundo de Apoio às Exportações (FEX) aos Estados e Municípios. Após várias solicitações da Confederação Nacional de Municípios (CNM), por meio de ofícios encaminhados à Secretaria de Relações Institucionais, ao Comitê de Assuntos Federativos (CAF) e à Secretaria do Tesouro Nacional (STN) no último trimestre de 2013, foi publicada no dia 18 de dezembro, a Medida Provisória (MP) 629/2013.

De acordo com a MP, foi creditado o montante em parcela única aos Estados e aos Municípios, no valor de R$ 1.950.000.000,00. Pela regra de distribuição, os Estados receberão 75% dos recursos e Municípios ficam com 25%, partilhado de acordo com os coeficientes da quota-parte do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços (ICMS) aplicado no ano em exercício.


A Confederação esclarece que a MP não vincula a aplicação dos recursos a um determinado programa específico ou a uma ação. No entanto, deixa claro que o objetivo é o fomento das exportações.


Fonte: CNM

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Mandato de seis anos para prefeitos e vereadores deve ser votado por Comissão

Na volta do recesso, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado deve votar o projeto que prevê mandato de seis anos para prefeitos, vices e vereadores eleitos em 2016. O objetivo da matéria é unificar os mandatos de todo o Poder Executivo a partir de 2022 e economizar gastos com as eleições.

O colegiado votará o substitutivo da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 71/2012, assinado pelo relator, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC). No texto do parlamentar, o mandato continuaria sendo de seis anos mesmo depois de alcançada a coincidência nas eleições. E, além disso, determina o fim da reeleição para os cargos do Poder Executivo.

A proposta original, do senador Romero Jucá (PMDB-RR), dizia que depois de 2022 os mandatos voltariam a ser de apenas quatro anos. O autor do substitutivo defende que as mudanças no texto são constitucionais e evitarão “abuso de poder político por parte dos que detinham o mandato eletivo” no caso da reeleição.

Tramitação


De origem no Senado, a PEC passou apenas pela CCJ. No entanto, precisa ser votada em dois turnos no Plenário. Se aprovada, segue para aval dos deputados, na Câmara.


Veja íntegra da PEC 71/2012

Agência CNM

POETA XEXÉU: VÍDEO CONTA HISTÓRIA DO MAIOR POETA DE SANTO ANTÔNIO/RN

Um vídeo inédito publicado esta semana traz a história do maior poeta do município de Santo Antônio, João Gomes Sobrinho, conhecido popularmente por Xexéu, com a participação de artistas santoantonienses como José Guilherme além de outras figuras ilustres da terra do salto da onça como Agenor da Silva e o farmacêutico Elomar Rodrigues. A produção do vídeo foi de José Nunes.

No vídeo, Xexéu conta seus dramas pessoais de infância e quando surgiu seu amor pela produção literária, bem como cita alguns poemas e os desafios enfrentados na vida para se tornar artista.

Assista ao vídeo abaixo:





Do Blog Os Amigos da Onça

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Santo Antônio/RN: O que passava na TV das décadas de 1970/80? Jorge Shau entre tantos

Jorge Shau

Nos saudosos anos de TV analógica, muitas lembranças vagam em tempos intercalados e que sempre retornam como um eterno carimbo  cravado na lembrança das imagens em preto e branco que norteavam nossas tardes de criança à frente dos destacados telefunken  de grandes válvulas. Esses eram alguns dos aparelhos de TV da época e de onde ficávamos dependurados nas janelas dos abastados disputando os melhores lugares. Belos dias!!

Era de lá. Lá mesmo das janelas dos "ricos" da Rua Dr. Pedro velho, da Rua do Motor e da Rua 13 de maio em Santo Antônio/RN que disputávamos um frestarzinha qualquer para ver se conseguíamos assistir alguma coisa. E às custas de muito torcicolo e dor nas costas muita vezes conseguíamos. 

Ah! Tempos inesquecíveis! Cada centelha que vinha da tela refletia uma esperança imensa. Tolas esperanças de criança em achar que o mundo poderia ser só de flores. A realidade dos dias que se seguiram turvou em muito o lampejo de esperança que ameaçava se mostrar. Uma pena!

Uma doutrina muito antiga não só minha mas, também de vários meninos da época que às tardes subiam nas janelas para assistir tudo o que se passava na "telona", era a de guardar um valoroso espaço para assistir clássicos como: Durango Kid, Ultra Sevem, Robô Gigante, o Zorro(do sargento Garcia), etc.

É, bem me lembro, era no frio de janeiro, às tardes, umas figuras simpáticas e hilárias tomavam conta do horário das 16hs. E entre essas, das imagens que me lembro bem e das  mais antigas é a da figura bastante extrovertida e diferente do saudoso comunicador Jorge Albuquerque de Sá, o “Jorge Shau”, que apresentava um programa na TV jornal de Recife e talvez retransmitido pela antiga Tupi, única emissora  que, na época, tinha o sinal captado  em nossa cidade do agreste do RN.

Hoje depois de passados os anos procurei notícias sobre o apresentador e percebi que a injustiça e a ingratidão do mundo vive sempre presente e que circunda a tudo e a todos.
Hoje programas como os de Raul Gil, Ratinho,etc tem um estilo muito parecido com os seus programas da época, porém sem o pioneirismo requintado de outrora.


Por: Claudianor D. Bento



Ed Cavalcante de Recife sintetiza bem a ingratidão das pessoas diante de uma pessoa que fez história na TV brasileira.


"Jorge Chau morreu pobre e esquecido, no dia 21 de Janeiro de 2002, aos 85 anos, no Recife. Nem mesmo nos programas locais ele aparecia. Essa, segundo os amigos mais próximos, era a sua maior mágoa. Vasculhei o Youtube à procura de imagens dos hilários programas dele, mas nada encontrei. Infelizmente, a riquíssima história da TV Jornal se perdeu no tempo devido aos problemas econômicos que a emissora enfrentou na década de oitenta. Uma pena. Ao grande Jorge Chau, meus respeitos!"



O POETA GÉLSON LUÍS AVISA QUE FOI ADIADO PARA SÁBADO DIA 15 DE FEVEREIRO DE 2014 O LANÇAMENTO DO SEU LIVRO

Com a palavra: Gélson Luís


"Quero comunicar que por motivo de novas informações importantes recolhidas sobre a história de Santo Antônio não foi possível o fechamento do meu livro SALTO DA ONÇA DE VILA A CIDADE e a data do lançamento que estava marcada para sábado 18 de janeiro de 2014 FOI ADIADA PARA SÁBADO DIA 15 DE FEVEREIRO DE 2014 ÀS 19 HORAS NO TERMINAL TURÍSTICO DA PEDRA DA ONÇA EM SANTO ANTÔNIO-RN. Peço a compreensão de todos  e conto também com a sua presença de todos."

Abraços! Gélson Luís Pessoa

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

MEC divulga primeira chamada do SISU

Os candidatos que se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) poderão conferir o resultado da primeira chamada do programa a partir desta segunda-feira (13).
Os convocados para a primeira chamada devem fazer a matrícula entre os dias 17 e 21 deste mês. Quem não comparecer na data prevista à instituição selecionadora perderá a vaga.

Os candidatos podem ver o resultado no site do Sisu.

No dia 27, o Ministério da Educação (MEC) divulga o resultado da segunda chamada. A matrícula deve ser feita entre os dias 31 deste mês e 4 de fevereiro.

Segunda oportunidade

Quem não for selecionado em nenhuma das chamadas, ou foi selecionado para o curso marcado como segunda opção, independentemente de ter feito a matrícula, pode se inscrever na lista de espera, de 27 de janeiro a 7 de fevereiro. A convocação dos candidatos em lista de espera ocorre a partir de 11 de fevereiro.


Nesta edição, o Sisu oferece 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior.



Fonte: ig.com

domingo, 12 de janeiro de 2014

ProUni: inscrições começam a partir desta segunda (13) e vai até sexta (17)

As inscrições para a primeira edição de 2014 do Programa Universidade para Todos (ProUni) estarão abertas a partir desta segunda (13) até a próxima sexta-feira (17/01/2014).


Para fazer a inscrição, o candidato deve ter participado do Enem de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Não pode ter tirado nota zero na redação. No momento da inscrição, será necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem e o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O ProUni oferece bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares. Podem fazer a inscrição os egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, desde que bolsistas. Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Ao fazer sua inscrição, o candidato escolhe as opções de curso, turno e instituição de ensino superior, dentre as disponíveis conforme seu perfil socioeconômico.

Como é comum que os estudantes confundam o ProUni com o Sisu, elencamos abaixo as principais diferenças elencadas pelo professor Mateus Prado, especialista nos temas.

O Sisu seleciona para universidades públicas – universidades federais, institutos federais e algumas estaduais que fizeram a adesão. Qualquer pessoa, seja oriunda de escola particular ou pública, pode concorrer ao Sisu. O Prouni é um programa que dá bolsa, integral ou de 50 %, em universidades particulares. Só pode concorrer ao Prouni quem tiver estudado em escola pública ou foi bolsista integral em escola particular. O Prouni tem limite de renda familiar – até 1,5 salário mínimo per capita para concorrer a bolsas de 100%. Acima disso e até 3 salários mínimos per capita, concorre a bolsas de 50%. E

Pode. Se você fizer sua inscrição no Sisu, também pode fazer sua inscrição no Prouni. O que não pode é cursar ao mesmo tempo Sisu e Prouni. Sem contar que tem mais um programa que pode-se concorrer com a nota do Enem, que é o Sisute para cursos técnicos (são cursos de Ensino Médio profissionalizante Técnico). Então funciona assim – começam as inscrições, do Sisu, depois abrem as inscrições do Prouni e em seguida do Sisutec. Com a nota do Enem pode-se concorrer a todos.


Não, não é possível cursar ao mesmo tempo o Prouni e o Sisu. Agora, quem já conquistou uma vaga pelo Prouni e concluiu o curso, pode concorrer uma vaga pelo Sisu. Porém, quem já completou um cursos superior qualquer, seja pelo Sisu ou não, não pode concorrer ao Prouni, só em algumas exceções, como para fazer cursos de licenciatura ou em alguns casos de saúde.


Com informações do portal ig.com